Pão

Segue essa letra e música do cantor e compositor Guilherme Arantes e uma pequena análise de alguns versos. Ainda ainda não fiz pão com minha filha Clara (4 anos). Já fiz bolos! Ela chega a babar de felicidade, com direito a enfiar o dedo na massa durante o preparo, claro, claro! Linda Clara!

A melodia é lenta, como se o Guilherme Arantes estivesse confidenciando…

Pão

Guilherme Arantes

Num momento

Já não basta sermos jovens, termos tempo

Os sonhos

Em cada época da vida são diferentes

O amor

Não é mais a única procura da gente

Há muitas coisas além de querer ser feliz (Essa pequena frase é de grande sabedoria. E como toda sabedoria, é simples. E como toda simplicidade, nem sempre é fácil percebê-la).

Crianças vão crescendo e dão um outro sentido

Ao prazer

O privilégio de fazer o pão

No cansaço de cada dia

Não há espaços gratuitos

E as velhas vaidades Perderam seu lugar

Grandes revoluções

Acontecem lentamente,

silenciosamente

Ao menos não estamos atolados nos mesmo erros

Já temos

Provas muito claras do que não queremos

E agora

Já não incomodam as opiniões

Há muitas coisas além de querer ser feliz. (Se há).

http://letras.terra.com.br/guilherme-arantes/113342/

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s