Eu era feliz

É muito bom estar feliz… talvez não fossêmos capazes de suportar a felicidade todos os dias. Talvez. O ser humano é um ser de contrastes. Se está fazendo sol, ele pede chuva; se está fazendo calor, ele quer frio; se tem frango no almoço, ele prefere só a salada! Se está de férias, prefere cansar-se.

Ah, a felicidade… ela preenche de sentidos a nossa vida, injeta sangue novo, desperta, quem sabe, bilhões de neurônios. Faz os olhos brilharem!

Já ouvi muita gente dizer: eu era feliz e não sabia…! Sério? Ah sim, entendo… é porque hoje são tempos difíceis… entendo!

Eu, Eduardo, lembro-me claramente de todos os anos em que fui feliz! Eu era feliz e sabia. Sei. Já disse o poeta: viver e não ter a vergonha de ser feliz! Não é incrível que ele tenha dito isso?

Cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz!

Um abraço.

 29/09/11

Anúncios

One Comment on “Eu era feliz”

  1. Verdica disse:

    Oi Edu, tudo bem?
    Bela reflexão!

    Obrigada pela visita!

    Abraço!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s