Néctar

Há uns meses atrás, muito tarde da noite, mais de uma hora da manhã, escutei um menino gritando em dos apartamentos acima do meu. No local, estava acontecendo uma festa com som alto. Já àquela altura, não tão alto assim. Cheguei à varanda e deduzi tratar-se de uma criança de uns seis anos de idade aproximadamente. A cada manifestação sua, os pais respondiam com gargalhadas irritando-o ainda mais. Foi muito fácil deduzir que ele estava com muito, muito sono. Apenas no instante em que a mãe o acolheu, momentos depois, é que ele se acalmou. Porque tive essa percepção imediata e não os seus pais? Deixemos a resposta para depois.

Criança adora brincar e não existe hora pra acontecer se depender dela. Os pais, muitas vezes, têm de se desdobrar para estar junto dos filhos, após um dia exaustivo de trabalho, ou tendo muitas tarefas a realizar. Criança pede muita atenção. É o seu néctar com gostinho de quero mais! Só o amor pra fazer com que tenhamos força e resistência para assim alimentá-los! Bendito amor!

No ano passado tive de faltar ao trabalho para ir ao médico. Estava com uma dificuldade respiratória. Minha filha Clara estudava de manhã e quando chegou em casa, eu lá já estava. Abriu um lindo sorriso ao me ver e perguntou: “papai, hoje você não vai trabalhá?” “Não, hoje eu vou ficar com você!” Após o almoço deitamos juntos. Nessa época ela dormia todos os dias nesse horário. O dia estava friozinho. Enquanto estava ali com ela, me recuperando, pensei: “assim que acordar, vou ao supermercado comprar uma massa para bolo para fazermos juntos hoje à noite!” Um tempo depois, levantei-me antes dela, deixando-a em casa com a babá. Mais tarde, a mãe viajando a trabalho, fomos pra cozinha. Deixei que ela participasse ativamente de cada momento, colocando todos os ingredientes, ligando a batedeira. Ela se maravilhava com tudo. Teve até direito a enfiar o dedo na massa para provar! Num determinado momento, perguntei a ela se queria dormir e ela me respondeu afirmativamente: “não papai, eu quero comer!” Antes de ir para a cama estávamos nós dois na sala, saboreando um gostoso bolo de chocolate!

É isso meus amigos! Que possamos sempre mais, aguçar nosso olhar e nossa sensibilidade para as crianças!

Dedico esse texto, com todo meu amor e carinho, à minha filha Clara (4 anos) nesse Dia das Crianças!

Um abraço.

Eduardo

12/10/11.

Anúncios

One Comment on “Néctar”

  1. Oi Eduardo. Li seu comentario no meu blog e vim retribuir a visita.
    Muito legal! Gostei!

    Beijos
    Tassi


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s