Seta

O automóvel é uma invenção maravilhosa. Acho que nunca vou me esquecer quando dirigi um carro pela 1ª vez. Uma feliz sensação de liberdade tomou conta de mim! Com o tempo, fui percebendo que a nem tão falada atenção difusa não era assim uma coisa das mais fáceis de se praticar. E pensar que depois, tudo ficará quase no automático…

Quando se está aprendendo a dirigir, temos de pensar e por isso, a engenhosa máquina parece não nos obedecer, ditando seus caprichos a cada aceleração ou mesmo na hora de frear.

Manobrando um carro temos de ver e vendo aprendemos a olhar. Melhor assim. Evitam-se acidentes. Preservar a vida é fundamental em qualquer época ou lugar!  

Escrevo esta crônica para fazer um elogio à seta do carro. Que invenção! Você já percebeu seu simpático barulhinho ao fazer uma conversão? Tec, tec, tec. É para lembrar que está ligada.

Um pequeno gesto que evitará certamente possíveis transtornos. Realizada a manobra, como que por milagre da inteligência ela desarma. Alguns se esquecem de usá-la! Será?

Até bem pouco tempo atrás não tinha notícias de que a seta estragava. Bela surpresa ao saber através de uma amiga que isso ocorreu  com o carro dela, exigindo de sua parte maior atenção. Mais ainda de quem estava por perto.

Parabéns ao Karl Benz que patenteou o carro e a tantas outras mentes brilhantes que contribuiram para aperfeiçoar essa incrível invenção! Sigamos em frente!

 Eduardo

21/11/11

Anúncios

One Comment on “Seta”

  1. É isso mesmo. A seta estraga! Rsrsrs.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s