O diferencial

Certa vez estava descendo uma rua quando encontrei alguns carros subindo em sentido contrário. Não me restou outra saída a não ser pegar a outra pista, pelo que fui seguido por outros motoristas.

Comecei a descer a via, quando percebi que havia um caminhão parado. O motorista fez um sinal e veio muito sério em minha direção. “Meu filho, o caminhão quebrou o diferencial, não vai nem pra frente nem pra trás! Faz um retorno aí, que eu vou ligar pro seguro!” Em seu olhar havia aflição. Em sua voz, o tom de quem sabe encarar inesperados problemas.

Determinados acontecimentos em nossas vidas fazem uma enorme diferença, por isso às vezes, temos de mudar a rota, seguir por outro caminho. Nem sempre há sinais indicativos, em outros momentos, a neblina está baixa, a visibilidade muito ruim. Mas, é preciso seguir em frente, conquistar esse chão que é nosso. Com coragem e fé de que tudo há de se resolver. Isso será o diferencial. 

Eduardo

12/12/11

Dedicado ao meu amigo Luiz Cláudio Circunde.

Anúncios

2 Comentários on “O diferencial”

  1. Luiz Claudio Circunde disse:

    Obrigado Eduardo…. A vida é dirigir um carro sem freio numa estrada cheia de bifurcações. Ainda bem que tem alguns diferenciais quebrados ao longo do caminho, para dar tempo pra gente meditar sobre nossas escolhas e decidir qual caminho seguir.,,,

  2. Gisele Carvalho Caire Ramos disse:

    Dú, o diferencial é essa entrega ao desconhecido, ao caminho diferente daquele que trilhamos todos os dias…
    Grata pelo texto.
    Um abraço, Gisele.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s