Certificado de coragem

Minha filha Clara precisou fazer exame de sangue na semana passada e eu disse a ela:

_ Leve seu macaquinho pra te fazer companhia! Ela colocou o bichinho de pelúcia debaixo do braço e seguiu em frente conosco.

Como explicar às crianças “é para o seu bem!”  Mas, ela fez o exame e recebeu um certificado cheio de corações! A moça que a atendeu escreveu seu nome com uma linda letra e a entregou com um sorriso no rosto.

_ Mamãe, lê pra mim!?

Certificado de Coragem

“Certificamos que nossa brava amiguinha Clara enfrentou a temida agulha e venceu a batalha, sem derramar uma única lágrima! Parabéns!”

Tão feliz ficou nossa pequena, que a Ana teve de ler para ela mais de 20 vezes. Isso bastou para que, bem antes disso, a Clara decorasse cada palavrinha do seu precioso diploma. Ainda o declama com ar solene a todos que a pedem, ou mesmo espontaneamente. Levou-o para a escola para mostrar à professora e aos coleguinhas.

Maria, uma de suas melhores amiguinhas, tendo feito o exame, por coincidência, no mesmo laboratório, perguntou em casa: Mãe, cadê meu certificado de coragem? A Clarinha ganhou um, eu também não chorei! Quero o meu!

Misteriosos caminhos do heroísmo que mesmo uma criança é capaz de compreender. Coragem de ser, de deixar, de fazer acontecer.

Que possamos também receber o nosso certificado por tantas batalhas vencidas e por aquelas que ainda virão.

Um abraço,

Eduardo

20/05/12

12:00

Anúncios

8 Comentários on “Certificado de coragem”

  1. renata sá premen disse:

    Eduardo querido, grata mais vez por compartilhar. Fiquei com mais coragem hoje. Bj

  2. Laudimiro Almeida Filho disse:

    “O correr da vida embrulha tudo.
    A vida é assim: esquenta e esfria,
    aperta e daí afrouxa,
    sossega e depois desinquieta.
    O que ela quer da gente é coragem.”
    Guimarães Rosa

  3. Ruth disse:

    Oi amigo,
    Você me fez recordar de situações semelhantes com minhas filhas ainda criançinhas… bom quando podemos auxiliar na formação de pessoas corajosas… quando nos encontrar-mos quero conversar a respeito. Bjus!

  4. Lucas Augusto Monteiro de Castro disse:

    Um lindo registro que mostra a importância da conquista, com lição de simplicidade, pureza e amor!
    Estrela do blog, merecendo ser a primeira crônica do futuro livro.

    Força e vida!

  5. Ana disse:

    Oi Eduardo…. adorei o texto! Que bom vc ter conseguido retratar, com simplicidade, esse fato engraçado e que ao mesmo tempo me ensina! Bjão.

  6. Marcia disse:

    Edu, ao ler seu texto fiz com vocês o percurso até o laboratório, vi a Clara com seu macaquinho debaixo do braço e você e Ana ao seu lado. Fico feliz por vocês conseguirem fazer com que ela viva todas as experiências aqui já relatadas por você, e imagino a felicidade de vocês dois, pais, ao vê-la tão crente do que está fazendo, conhecendo e dando-lhe muitos motivos para compartilhar conosco as experiências de uma criança que “realmente é criança”, muito diferente da minha sobrinha da mesma idade dela.
    Parabéns!

  7. Rosália disse:

    Que Lindo Edu…as crianças sempre nos surpreendendo…bjos

  8. Alexsandra disse:

    Que bacana! A psicologia infantil funciona mesmo. São simples gestos mostrando a realidade da vida que engrandecem o eu da criança.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s