Laboratório do amor

Muitas vezes ouvi minha mãe dizer:  “criei os meus filhos com muito sacrifício, com muita luta”. Quantas mães já não disseram isso? Quantos pais não o disseram, mas o sentiram de verdade?

Pensei nesse verbo: criar. Contribuir na formação de um novo ser. É uma grande batalha, árdua tarefa, da qual, não podemos escapar. E vale a pena com certeza, todo esse aprendizado.

Educar é nobre. Como alguém já disse: “quem ama, educa!”  Mostra o certo e o errado. Explica, questiona, pergunta, revela, ensina.

Nossos filhos aprendem conosco todos os dias e também aprendemos com eles. Muitas vezes, conhecem nossos defeitos, como se diz: “num piscar de olhos”, ou estão sujeitos a absorverem determinados traços do nosso temperamento. Em muitos momentos, eles nos devolvem aquilo que somos, como se fossem espelhos, fazendo com que tenhamos o desejo, a vontade de nos superarmos.  E a vida nos brinda com essa oportunidade de fazermos, quem sabe, revoluções. No tempo certo, removendo o antiquado que há em nós.

Fico pensando, ao observar as crianças que, a alegria é uma das coisas mais importantes dentro de um lar. Alegria de conviver, alegria de estar em paz, pois assim, podemos construir um caminho mais harmonioso e belo.  De certa forma é essa mesma alegria, capaz de blindar as influências negativas que chegam da escola, onde outras crianças, vindas, às vezes, de lares pouco estruturados, influenciam nossos filhos; da mídia, e até de outros meios que nem imaginamos. Sim, a alegria faz milagres. Com a gratidão ela nos renova a cada dia abrindo novos e amplos horizontes. Janelas para o ser.

Educar é uma construção diária. Em dinâmica simbiose, pais e filhos aprendem mais de si e do mundo. E nessa peleja, lançamos as sementinhas de um amanhã promissor, nesse laboratório do amor.

Educar. Não vale entregar o jogo no segundo tempo. É preciso coragem.

Criar os filhos, sem desanimar!

Eduardo

14/06/12

Anúncios

2 Comentários on “Laboratório do amor”

  1. Alessandra disse:

    É isso aí!!! A alegria da viver… de conviver… de criar e recriar…de educar!!! Adorei.

  2. Érica disse:

    A Perseverança no objetivo tem recompensas !
    Nos empenhar vale ver os filhos bem encaminhados na vida , sendo capazes de amar !
    Tudo de bom !
    Bom este seu texto Eduardo. Abs


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s