É muita prática

Atlas, na mitologia grega, pertencia à geração divina dos Titãs, seres de muita força que lutavam para conquistar o poder supremo de Zeus, o mais poderoso dos deuses, subjugando também toda sua corte de criaturas celestiais. Perderam a batalha e Atlas foi condenado a sustentar nos ombros e para sempre, os céus. Os gregos acreditavam que o universo fosse uma esfera, daí sua imagem estar associada à Terra.

Eu estava um dia caminhando lentamente pela rua quando vi ao longe um homem carregando uma rede repleta de bolas coloridas _ repetindo o gesto daquele antigo herói. Ele vinha em em minha direção e nossos caminhos se encontraram. Bem em frente a ele perguntei:

_ O senhor está carregando essas bolas há muito tempo, não é? Deve ser pesado!

_ Eu rodo a cidade toda! Aqui deve ter umas cento e trinta bolas e pesa uns vinte e cinco quilos! Continuei perguntando como ele conseguia carregar tudo aquilo, ao que ele me respondeu:

_ É muita prática, meu filho! Despediu-se de mim e seguiu andando, cumprindo seu destino.

Dedico esse texto a esse distinto herói que, mesmo carregando tamanho fardo, coloria o cinza da cidade grande.

Eduardo.

04/11/12

 

 

 

Anúncios