Gentileza

gentileza_gera_gentileza_bran

A moça à minha frente, na porta do elevador, fez um sinal para que eu, antes dela, entrasse primeiro. Pouco a pouco, ele foi enchendo, à medida que passava pelos andares. Quando num determinado momento parou novamente, algumas pessoas saíram e outras entraram. Uma senhora veio correndo, quando a porta estava quase fechando. Pensei comigo: o apito de superlotação será acionado. Não deu outra. Porém, aquela mesma moça do início dessa história, desceu e disse sorrindo descontraidamente: “a senhora pode ficar aí dentro!”.

Que interessante, não é mesmo? Gosto dessas cenas do cotidiano. Elas despertam em mim bons sentimentos.

Gentileza gera gentileza. Deve ser porque, sensibilizados, faremos de maneira igual, em outras situações. E pensar que conheci pessoalmente o autor dessa famosa frase! E ele a dizia com a maior solenidade!

Eduardo Augusto

05/11/13

Anúncios

One Comment on “Gentileza”

  1. Sid disse:

    É amigo, mesmo com o caos instaurado de cima(a podridão política) para baixo, precisamos viver gerando gentilezas como um instinto de sobrevivência. Até quando os bons serão maioria?bom, nem sei posso continuar afirmando assim….


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s