Nada

Nadar

Nada

Tudo em volta

Óculos, touca, calção, maiô

Raia

Água

As leis da Física

Um corpo que molha

Um corpo que quase afunda

Nada

Braçadas, pernadas, chegadas

Um corpo desliza

Leve e elegantemente

Você não está numa piscina de bolinhas coloridas!

Deserto divertido e molhado

Nada

Pulmões

Fôlego

Hidrogênio e oxigênio

Nada

Você vai voar como uma borboleta

Na água

Um dia enfrentará, quem sabe, um mar de altas ondas!

Você pode!

Você dentro da água, a água em você!                                                                                                                                                                       

Eduardo Augusto

10/06/14

Dedico este texto ao meu professor de natação, Frederico Pantoja.

 

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s