Histórias que não caem

Enem

Não sei se vocês se lembram, mas o escritor Mário Prata tem uma história interessante com vestibulares. Certa vez ele resolveu fazer as questões de interpretação de texto de um livro seu que “caiu” numa prova. Ele conta, com uma gostosa ironia, que errou todas as questões!

Outro dia, lendo uma historinha muito interessante do Para Casa da minha filha, pensei também no enorme tempo que já se perde com as interpretações de texto. E isso desde tenra idade.

De fato, elas são de pouca valia, além disso, acabam aos poucos, com aquele lindo encantamento que uma bela história pode despertar nas crianças. Por isso, diante de algumas perguntas tolas dos livros didáticos, pergunto à minha filha:

_ Clara, você entendeu isso aqui? _Não, papai! _Então deixa pra lá, filha, que isso não tem a menor importância! rs

É preciso deixar que as histórias falem por si! Isso e tão somente!

Eduardo Augusto

05/08/14

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s