A eterna novidade do mundo

crianças em fila

Hoje, enquanto aguardava na escola a saída da minha filha, me deparei com uma turma de crianças de uns 5 anos de idade. Impossível ficar indiferente a toda aquela vivacidade e energia, quase todas saltitantes no fluir da vida, sem as preocupações e tensões do adulto.

À frente ia a professora, tão senhora de si, o olhar atento. Como uma maestrina, segurava a mão de uma menininha que era só alegria. Os pequenos olhavam em todas as direções, brincando de viver.

As crianças estão abertas “à eterna novidade do mundo”, como disse o poeta.

27/08/15

Anúncios

Ler e viver

Livros

Desde pequenas, as crianças, de certa forma, já começam a se afastar da leitura. O motivo é simples: as interpretações de texto cobradas pela escola.

As perguntas elaboradas exigem respostas “ao pé da letra” o que fará com que elas tenham de retomar o texto. Claro, na maioria das vezes, isso é muito chato de fazer.

Uma boa história fala por si trazendo todo o seu encanto.

18/08/15


DNA

dna

Minha filha hoje:

_ Pai, o que é DNA?

_ DNA?!

_ DNA… é um lugar na gente onde ficam guardadas nossas informações, como por exemplo, a cor dos olhos, do cabelo…!

_ AAAAh!

(DNA – De Nada Aprendo. Só ensino!)

22/05/15


O dia em que o Batman foi à escola

batman-2

É muito interessante acompanhar toda a movimentação da meninada na volta às aulas. Há uma alegria e um frescor contagiantes. Nada como as férias!

Nessa 2a semana, vi por outro lado, muitas crianças pequenas chorando. Pais e avós aflitos, sem ter muito o que fazer e com o coração apertado. Dia desses, tantas foram elas, algumas esperneando, que a moça da portaria nos disse desoladamente:

_ Nossa, hoje está difícil!

As escolas são um dos mais importantes espaços de socialização ao longo de nossas vidas, mas, podem ser também, lugares ameaçadores para crianças pequenas e sensíveis. Como explicar a elas que estudar, apesar de tudo, é bom? E que o tempo de aprender, não tem hora para acabar?

Hoje, na hora da entrada, vi uma cena comovente. Uma menininha de uns 5 anos, acompanhada de sua irmãzinha, chorava silenciosamente. A avó disse a ela:

_ Não chora, filha! A pequena estudante enxugou as lágrimas delicadamente e suspirou fundo olhando para a escada, como se dissesse:

_ Vamos lá! Tenho de ir né?! E seguiu em frente de mãos dadas com a irmã.

Não demorou muito, chegou, acreditem, o Batman _ com sua máscara e a capa preta! Ele deve ter só 3 anos!

_ Não vou, não vou, não vou! Mas foi, no colo da professora!

Penso comigo: é preciso ser mesmo herói para encarar a vida!

Que essas lindas crianças possam descobrir, por mais esse ano, como é belo aprender apesar de tudo!

13/04/15


Bichos

cachorrinho-manhoso-wallpaper-1366x768

Acho que, se não fosse o Facebook, eu jamais teria a noção da quantidade de gente que gosta de gatos e cachorros! E o que não faltam nas redes sociais são vídeos “fofos” da bicharada! Até mesmo os mais insensíveis se surpreenderão! Uma graça!

Minha filha está querendo um cachorrinho, eu e a Ana… bem…” e se ele ou ela, latir de noite? E se fizer xixi no sofá? E se tiver uma doença grave algum dia, valha-nos Deus! E quando formos viajar? E…

Fomos à feirinha de animais, com o combinado de não comprar nenhum. Pelo menos desta vez! A Clara bem alheia a esses questionamentos era só sorrisos, ao carregar no colo, cachorrinhos como o da foto!

Num lugar assim, além dessa turma peludinha, o que não falta é gente que gosta de bicho! Força de expressão, de minha parte! Cachorros são mais que bichos. Gatos, também!

Confesso que aprendi algumas coisas conversando com os criadores. Para um deles, disse na lata:

_ O senhor gosta de cachorros!

_ Tenho 25! _ Respondeu sorrindo!

Eu que não tenho nenhum (ainda), nem consigo imaginar tamanha festa!

12/04/15


O trato com a criança

Familia junta

Dizeis:
É cansativo lidar com crianças.
Tendes razão.
Depois acrescentais:
porque é necessário colocar-se no seu nível, abaixar-se, inclinar-se, curvar-se, fazer-se pequeno.
Agora estais enganados.
Não é isso o que mais cansa. É o fato de serdes obrigado a elevar-se à altura dos seus sentimentos. Esticar-se, alongar-se, subir sobre a ponta dos pés.
Para não feri-las.

Janusz Korczak, médico e escritor polonês.

03/02/15


Esconde esconde

Esconde esconde

É fascinante ver como uma criança brinca de esconde-esconde! Quanta verdade ela coloca nessa simples brincadeira!

http://catracalivre.com.br/geral/urbanidade/indicacao/saiba-por-que-as-criancas-sao-as-campeas-do-esconde-esconde/

Eduardo Augusto

10/01/14