Primeira comunhão

ouro-preto-conceicao

Em Ouro Preto – MG, respira-se religiosidade. Não importa tanto se estamos no século XXI. Nas ruas, becos e vielas, nas igrejas e capelas, pode-se adentrar num tempo antigo, mas que se renova pela fé que desperta. No silêncio de suas noites, no vento frio de suas manhãs, os fiéis vem se lembrar do Criador e fazem uma prece ao amado Salvador.

Faça sol, faça chuva, muita gente vai à missa de domingo. Corações em júbilo,  retornam as suas casas para o almoço em família.

A 1ª comunhão das crianças é um acontecimento único, desde as aulas de catequese. Receber Jesus no coração, escolher a madrinha, vestir-se de branco.

Os meses vão se passar. Preparação. No dia tão especial, dentro da igreja: uma vela branca acessa para lembrar a Luz; o terço; o livrinho; a alegria contida; olhinhos que brilham. A hóstia. O corpo de Cristo. Silêncio e paz. Uma nova vida: longe do medo e da dúvida.

Tocam os sinos, cantam os anjos. Papai, mamãe, irmãos, avô, avó, tios, tias, primos, vizinhos vem abraçar. A pequena criança mais uma vez é acolhida com amor!

É primeira comunhão! Dia de festa, comida gostosa na mesa, bolo enfeitado feito com carinho!

Eduardo 

29/06/14

Anúncios

Nossa bandeira

Praça da Bandeira

Não tem como passar pela Praça da Bandeira em Belo Horizonte – MG e ficar indiferente. Não tanto por estarmos tendo aqui no Brasil uma Copa do Mundo, mas, principalmente por nos lembrarmos, nem que seja por alguns instantes, que somos um povo alegre, que batalha muito e que certamente espera e quer um país melhor! Como diz naquela música: “eu vejo um novo começo de era, de gente fina, elegante e sincera!” Lutemos todos por isso, se esta for nossa bandeira!

Eduardo

22/06/14


Nada

Nadar

Nada

Tudo em volta

Óculos, touca, calção, maiô

Raia

Água

As leis da Física

Um corpo que molha

Um corpo que quase afunda

Nada

Braçadas, pernadas, chegadas

Um corpo desliza

Leve e elegantemente

Você não está numa piscina de bolinhas coloridas!

Deserto divertido e molhado

Nada

Pulmões

Fôlego

Hidrogênio e oxigênio

Nada

Você vai voar como uma borboleta

Na água

Um dia enfrentará, quem sabe, um mar de altas ondas!

Você pode!

Você dentro da água, a água em você!                                                                                                                                                                       

Eduardo Augusto

10/06/14

Dedico este texto ao meu professor de natação, Frederico Pantoja.

 


Mudar o mundo

mundo

Há uns anos atrás participei de um seminário sobre a obra de Kierkegaard na Faculdade de Filosofia da UFMG. Nosso professor achava interessante que ficássemos todos em círculo, a fim de que pudéssemos conversar e debater de uma maneira proveitosa. Como eu chegava cedo ao local,  dispunha as cadeiras dessa forma.

Um manhã, após montar aquela configuração, olhei para a sala e pensei: se sou capaz de provocar essa pequena mudança “no mundo”, quantas mudanças posso realizar!

Nesse mesmo dia, todos a postos, antes de começar a aula, o professor olhou para mim e me perguntou:

_ É você que está dispondo as cadeiras em círculo para o nosso seminário, não é mesmo?

_ Sim, sou eu!

Ele sorriu e disse: Obrigado!

É importante pensar como somos afetados pelo meio que nos rodeia e como afetamos também esse mesmo meio, através de nossas palavras, sentimentos, pensamentos e gestos.

Eduardo  

01/06/14